Manter um projeto nos dias de hoje em nosso país não é uma tarefa nada fácil, mas um grupo de professores do bairro Aerolândia, em Fortaleza, resolveu se unir para tentar ocupar um espaço que poderia estar sendo preenchido pelo governo.

Os professores de jiu-jitsu, Moisés Costa, Régis Lima e Cristiano “Pantanal”, juntamente com Newton Rocha, professor de judô, implantaram o projeto Ação e Reação, na comunidade. Os profissionais, que têm atividades diária, dedicam horas de suas vidas para auxiliarem na formação de crianças e jovens, entre 6 e 12 anos, com atividades físicas. Judô e jiu-jitsu são as modalidades que garantem a diversão da garotada.

Para participar das aulas, o atleta precisa ter um bom rendimento escolar e, de preferência, morar nas proximidades do bairro. O projeto não tem nenhum fim lucrativo, por isso, qualquer doação de quimono é bem vinda. O grande objetivo da equipe voluntária é encaminhar os esportistas para competições locais e até, quem sabe, nacionais, afastando assim, cada vez mais, os jovens do mundo das drogas

Serviço:
Endereço: rua Aspirante Mendes, nº 165 – Bairro Aerolândia
Dia: Segundas, quartas e sextas
Horários: 20h-21h (judô) e 21h-22h (jiu-jitsu)

Mais informações pelos telefones 3272.4387 ou 8837.8370 (Prof. Newton Rocha)